Conan, O Bárbaro

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Conan – O Bárbaro (1982)

conan-o-barbaro-1982

O filme já começa uma frase de Nietzsche: “Aquilo que não nos mata nos torna mais fortes” e conta como tudo começou. Conan teve os pais mortos quando sua aldeia foi saqueada e massacrada, depois disso passou a vida sendo escravo. Quando alcançou certa idade (e muita massa muscular) Conan foi enviado para a arena onde virou gladiador para divertir o público. Para escapar da morte, o ex-governador da Californ… Quer dizer, Conan, teve que aprender a lutar e assim se tornou um grande guerreiro. Depois que notaram sua habilidade na arena, ele foi enviado para o Oriente, onde foi treinado com a espada e lutou ao lado dos orientais.

  • Japa Chefe – O que é melhor na vida?
  • Japa Subordinado – A planície aberta, um cavalo veloz, falcões em seu punho e o vento em seus cabelos.
  • Japa Chefe – Errado! Conan, o que é melhor na vida?
  • Conan – Esmagar seus inimigos, vê-los fugir para sempre e ouvir o lamento de suas mulheres.

conan-o-barbaro

Logo que viram que ele não conseguia comer com os palitinhos e que sempre quebrava tudo com as mãos, foi libertado e seguiu sua vida em busca de sua vingança pela morte dos seus pais.

Crítica do Filme Conan, O Bárbaro

O filme é ótimo para quem curte RPG e também os quadrinhos do Conan. Sem falar que se um dia você quiser se tornar um bárbaro ta aí um belo começo!

Na época o cinema não tinha tantos efeitos especiais, por isso já fiquem avisados que vocês podem acabar achando algumas cenas engraçadas como na parte que Conan luta com uma cobra gigante, ou em diversas cenas em que tem sangue.

Elenco Original:

Arnold Schwarzenegger, James Earl Jones, Sandhal BergmanBen Davidson, Cassandra Gava, Gerry Lopez, Mako Iwamatsu, Valérie Quennessen, William Smith, Max Von Sydow

Assisti a esse filme ao lado da bela companhia da sempre linda Ana Clara Fujimori que também é colaboradora do blog.

  • Ana Clara Fujimori – Ele parece uma mina.
  • Daniel Brito – É, mas uma mina BEM forte!